sexta-feira, 30 de maio de 2008

Em entrevista: Camila Rodrigues!

| | Bla bla bla








 
Não é de hoje aquele famoso sonho que quase todo aluno tem com sua professora linda, vitaminada, rabiscando a lousa com seu maravilhoso giz estridente... E parece que não é diferente na Malhação! Bodão, Peralta, Raiden e Pedro viram seus hormônios ferverem quando pararam pra prestar atenção na mais nova professora de teatro do colégio, Teresa

Camila Rodrigues está super contente com o papel. E o sucesso foi tanto que o próprio elenco fez questão de fazer as perguntas para uma entrevista com a atriz. Confira abaixo!

Maxwell Nascimento – Qual seria sua reação se estivesse no lugar de Teresa, ou seja, se você percebesse que os alunos estão dando em cima de você?
Camila Rodrigues: "Na verdade, eu não seria tão tranqüila assim. Acho que eu seria um pouco mais direta. Eu ficaria mais com aquela postura 'O que está acontecendo aqui? Eu sou uma profissional. Se não está interessado, um beijo e tchau!"

Mariana Rios – Qual foi sua primeira impressão quando chegou aqui na Malhação?
Camila Rodrigues: "Ótima! Meu último trabalho foi em uma novela onde todo mundo se dava muito bem, então, eu estava realmente com medo de entrar em qualquer outra produção, ainda mais na Malhação, que tem um pessoal novo e já está num ritmo acelerado... Enfim, caí de pára-quedas aqui e fui super bem recebida! Desde o primeiro dia me senti muito bem e estou adorando, porque são pessoas novas, criativas, que querem estudar e crescer."

Bernardo Mendes – Quando você viu a gente vestido de mulher, dançando no palco, o que achou?
Camila Rodrigues: "Achei engraçadíssimo! Vale a pena pagar esse mico, ainda mais feito com tanta verdade como eles fizeram. Eu morri de rir! Esses caras entram de cabeça nos personagens, se soltam e tudo mais! Adorei! Tive mesmo um primeiro dia de gravação bem descontraído!"

Sophia Abrahão – Qual a principal diferença entre trabalhar em uma novela do horário nobre e em Malhação?
Camila Rodrigues: "Na Malhação, você tem a impressão de que tudo parece uma indústria, uma empresa. O programa já tem mais de dez anos. Há um ritmo com o qual as pessoas já são acostumadas a trabalhar. Em novela, é sempre outra equipe, outro núcleo, outro cenário, e o ritmo é mais devagar. Não que seja melhor ou pior, mas é diferente."

Jonatas Faro – Como você conseguiu construir sua personagem, sendo que ela é nova e bonita, e ao mesmo tempo tem que impor o respeito por ser professora dos alunos?
Camila Rodrigues: "Ninguém constrói uma personagem do dia pra noite, mas como eu já fiz teatro, conheço muitos professores de teatro e já dei aulas de teatro... Acho que a maneira de você se impor mais adulta vem um pouco do tom da voz mais sério, com volume mais baixo, e uma postura sempre mais ereta. Então no início, a construção vem de fora para dentro, porque tudo é muito rápido, mas depois ela virá de dentro pra fora. Agora, minha maior inspiração foi tia Rose Gonçalves, que é fonoaudióloga e minha professora."

0 comentários: